Doença causada por um ataque do sistema imunológico (células de defesa) contra as células que produzem o pigmento que dá coloração à pele (melanina). Apesar de não ser contagioso e nem causar alterações significativas em órgãos internos, o vitiligo pode causar grande impacto psicológico nos pacientes. O diagnóstico é essencialmente clínico, realizado diante da avaliação do dermatologista. O tratamento varia de paciente para paciente, podendo ser indicado desde medicamentos tópicos, medicamentos orais, fototerapia e também tratamento cirúrgico com transplante de melanócitos para casos selecionados.

Tratamento Cirúrgico do Vitiligo
O tratamento cirúrgico do vitiligo, realizado através de transplante de melanócitos (células da pele que produzem a melanina, pigmento responsável pela cor), é indicado para casos selecionados de pacientes com vitiligo. Normalmente o paciente precisa estar com a doença estável por pelo menos um ano e já ter passado por outras modalidades de tratamento clínico para estar apto a realizar a cirurgia. A indicação cirúrgica correta e a escolha de qual técnica a ser utilizada depende da avaliação prévia com o dermatologista.

dermatologia clinica 5

Desenho esquemático do tratamento cirúrgico do vitiligo pela técnica de Suspensão de Células Epidérmicas Não Cultivadas (SCENC.).